5 sinais de que seu computador pode parar


Seu computador pode demostrar que tem algo errado, e você pode corrigir antes que pare.

1 - Lentidão e superaquecimento.

Nossas máquinas começam a ficar progressivamente mais lentas com o passar do tempo. Às vezes, porém, a queda de desempenho acontece de forma abrupta. Como investigar? O primeiro passo é abrir o Gerenciador de Tarefas no Windows (ou o Activity Monitor no macOS) e encontrar os programas que estão exigindo um poder de processamento considerável da CPU da máquina.Há uma boa quantidade de processos ativos, e não necessariamente reconhecemos todos eles. Neste segundo caso, basta uma pesquisa rápida no Google para ver o que determinado processo está fazendo. Pode ser um programa mal-intencionado ou apresentando um problema de funcionamento.

Algumas vezes um programa usa bastante recursos naturalmente. Quando é excessivo, é necessário investigar.

Em ambos os casos, podemos optar por desinstalá-lo. No caso de um programa que dá sinais de ser malicioso, o mais indicado é passar um antivírus na máquina, ou mesmo ferramentas mais especializadas, como o Malwarebytes ou o Safety Scanner, especializados em encontrar malwares.

Ao consumir muitos recursos, esses processos exigem bastante do hardware da máquina, o que pode superaquecer os componentes. Porém, se mesmo assim a máquina continuar "trabalhando quente", pode ser a hora de uma manutenção preventiva nos componentes. Em especial em máquinas mais antigas, que podem necessitar de uma limpeza ou a troca da pasta térmica da CPU.

2 - Mensagens de erro e BSoD

Mensagens de erro ocasionais são comuns. Porém, quando elas passam a ser frequentes, é hora de investigar. No caso de um programa específico, sua reinstalação pode resolver o problema. Em outros casos, pode ser que a máquina esteja infectada com códigos maliciosos.A própria mensagem de erro ajuda a investigar o que está acontecendo

A própria mensagem de erro ajuda a investigar o que está acontecendo.

O primeiro passo é pesquisar a mensagem de erro no Google, buscando possíveis soluções em fóruns especializados. No caso de um erro mais persistente, talvez seja necessário fazer um backup de todos os arquivos e reinstalar o sistema, seja o Windows ou o macOS.

Porém, não podemos deixar de lado a possibilidade de falhas no hardware, em especial quando elas resultam na "tela azul da morte" (Blue Screen of Death - BSoD). A própria mensagem de erro ajuda a identificar o problema, talvez exigindo a troca do componente em questão.

3 - Mudanças de configuração

Aqui temos um alerta vermelho de que a máquina pode estar infectada. Quando uma configuração é alterada sem a sua permissão, é hora de procurar por malwares. Ou mesmo quando o controle de permissões do sistema solicita acesso a áreas sensíveis sem justificativa.

Um dos casos mais simples é a mudança da página inicial do navegador sem a permissão do usuário

Em alguns casos, ícones estranhos aparecem na área de trabalho, assim como a ferramenta de pesquisa padrão do navegador é alterada. Este segundo caso pode ser um programa instalado junto com o que você queria (aquelas "ofertas conjuntas" que ninguém queria). Mas pode ser também o indicativo de um malware.

Por vezes, basta desinstalar o programa "acessório" em questão. Em outros casos, é necessário um procedimento mais especializado, comumente disponível na internet. De qualquer forma, é sempre importante observar que permissões estão sendo exigidas, o que também é válido na hora de instalar um programa.

4 - Barulhos estranhos

Fique atento(a) a barulhos incomuns contínuos ou intermitentes, ainda que não seja algo estritamente restrito a máquinas mais antigas, barulhos frequentes em qualquer computador podem indicar um problema e até mesmo que você provavelmente terá de substituir alguma peça em breve.